Quebrando Paradigmas: Uma análise sobre os níveis de testosterona por idade

Hoje vivemos em uma sociedade vitimizada, onde todos são culpados, mas onde ninguém quer assumir a responsabilidade.

Em vez de agirmos, crescemos chorando e destilando a culpa sobre os nossos governantes.

A definição de vítima:

“Uma pessoa que sofre por uma ação destrutiva ou prejudicial  “

As pessoas falam sobre guerra, fome e pobreza. E, claro, todos eles são terríveis.

Mas, não se engane, a baixa testosterona é uma das forças mais destrutivas da nossa sociedade.

A baixa testosterona: uma análise

Eu já falei aqui no blog sobre a baixa testosterona e como você pode aumentá-la de forma saudável.

Este texto é uma análise sobre os níveis ideais de testosterona que o estabelecimento médico consideram normais.

Os sintomas da baixa testosterona  tornam a vida uma miséria:

  • Baixa libido;
  • Ansiedade;
  • Neblina mental;
  • Indecisão;
  • Falta de energia;
  • Perda de músculos;
  • Redução da força;
  • Piora do sono.

Na verdade, muitas vezes é citado que a testosterona declina 1% ao ano após a idade de 30 anos.

E este pode ser o caso em condições normais. Mas o que vemos hoje é qualquer coisa, menos o normal.

Temos um exército de homens na sociedade com baixa testosterona.

Jovens com seus 20 anos de idade e níveis de testosterona de 300 ng / dl ou menos.

Em julho deste ano, a Labcorp mudou recentemente sua faixa de referência para testosterona total.

O intervalo de referência anterior foi baseado em um estudo de 2011 levando-se em conta homens magros e saudáveis.

Eles citam um estudo de 2017 como fator primário para sua nova faixa de referência:

“No início de 2017, Travison, et al. demonstraram que a obesidade está diretamente associada a níveis mais baixos de testosterona em pacientes do sexo masculino … A faixa numérica inferior no novo intervalo de referência padronizado, reflete uma diferença na média de indivíduos com IMCs mais elevados, bem como a harmonização com o método de referência CDC “.

Basicamente, eles tiveram que acomodar uma população que agora é mais obesa e tem testosterona mais baixa.

Nível de testosterona ideal

Lembre-se, há apenas 6 anos de diferença entre os estudos.

baixa testosterona

A maioria de vocês perceberam que o intervalo de referência da testosterona Labcorp é agora de 264 ng / dl. E o “intervalo normal” anterior foi de 348 ng / dl.

Então, agora, se você tem 30 anos e tem esses níveis de testosterona – parabéns você é normal!

O que é ainda mais desconcertante no entanto, é o fato de terem reduzido o nível superior da normalidade.

Originalmente era 916 ng / dl agora é 1197 ng / dl. Isso é quase 300 ng / dl de diferença. 

Muita coisa!

O intervalo de referência normal já era uma piada, porque não é ajustado para a idade.

como repor testosterona

Como você viu, o estabelecimento médico diz que a deficiência de  testosterona é normal.

Mesmo que você tenha os sintomas de redução de testosterona, seu médico diz que sua testosterona está no intervalo “normal”.

‘Nada do que se preocupar!’

Esta é a antítese do que significa ser um homem. 

Mas você não precisa ouvir isso e ficar calado.

Como repor testosterona?

Se você sentir que está sofrendo de sintomas de falta de testosterona, verifique primeiramente seu níveis sanguíneos e, procure um profissional  que realmente tenha experiência sobre como repor testosterona.

Uma sociedade de homens com baixa testosterona resulta em uma classe de vítimas.

Uma sociedade vitimizada é tóxica; ela gera ódio e divisão.

O mundo ocidental está em um momento decisivo na história:

  • Nosso senso de espírito de comunidade saiu pela janela.
  • Nós só queremos nos dar bem e não ajudar uns aos outros.
  • Nossa sociedade está quebrada.

A história nos mostra que quando as sociedades passaram por turbulências, os homens tomaram as rédias para fazer uma mudança.

Mas como devemos fazer uma mudança se os homens em nossa sociedade tiverem deficiência de testosterona?

Eles irão preferir sentar-se no sofá e jogar videogames.

E você, o que quer para sua vida?

O acompanhamento com um nutrólogo que tem a experiência de como repor testosterona é fundamental para seu tratamento.

Confira como é uma consulta com um médico nutrólogo:

Se você ainda tiver dúvidas de como realizamos o nosso trabalho, clique aqui ou no botão abaixo e marque uma consulta conosco!

marque sua consulta
Será um prazer lhe ajudar no tratamento.

Grande abraço!
Dr Luiz Gustavo Solano
Médico Nutrólogo
CRM 106353 I RQE 55075

Autor: Dr. Luiz Gustavo Rosa Solano

Médico Nutrólogo (CRM 106353 I RQE 55075) e Diretor Clínico da Clínica Solano em Sertãozinho–SP e Ribeirão Preto–SP